Saí do Armário

Saí do armário e agora?


saí do armário e agora?
Saí do armário

Armário deve ser um lugar bem apertado, deve servir para roupas, utensílios e objetos, mas para pessoas? Acho que não combina; e você o que acha?


Já faz muito e muito tempo que atendo pessoas que sofrem pela ofensa e não aceitação dos outros, é claro que em psicoterapia só conseguimos tratar de quem está ali presente, mas venhamos e convenhamos, ninguém é um ilha, e o fator social e familiar certamente pode influenciar na forma que a pessoa tem de ver o mundo.


Em alguns caso o mundo se mostra tão aversivo e perigoso, que lá dentro do armário que parece mais seguro, só que pode chegar uma hora que a pessoa não aguenta mais e resolve sair; às vez coloca a cara pra fora um pouquinho e corre pra dentro, mas se o ambiente exterior for saudável, um ambiente de amor e respeito a pessoa certamente terá maiores possibilidades existenciais.


A liberdade é situada, ou seja, todos somos livres para fazer escolhas, mas sempre existe uma situação ou situações ao derredor, que devem ser consideradas.



Todos são livres
Liberdade


Todos somos livres. Livres para escolher; livres para estar dentro do armário; livres para sair e voltar; livres para resistir aos perigos externos e ficar fora. Porque fora é muita coisa, porque fora tem muita gente e muitas oportunidades e possibilidades.


Respeite o seu momento e as suas decisões, não seja um tirano de si mesmo, não se martirize tanto, seja feliz, sinta se bem, esteja com pessoas que te queiram bem e se precisar procure ajuda, converse, compreenda, se fortaleça e viva essa vida como se ela fosse única, porque é!




Eliane Colombo Nomura - Psicóloga Online - CRP 08/27784

e-mail: colombonomura@gmail.com | site: www.nomurapsicologa.com.br

WhatsApp agende seu horário (44) 9.9910-7202 Instagram @nomurapsicologa


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo