Se você me deixar eu te mato

Atualizado: 30 de Mar de 2020

“Se você acha que eu não sou bom(oa) suficiente pra você, então eu acabo com tua raça”. Assim são os pensamentos de algumas pessoas que desejam contínua proximidade e ininterrupção de relacionamento.

Existem relacionamentos que são verdadeiros infernos na terra, ideias delirantes e alucinações, alheias à realidade e aos fatos cotidianos, a beira de surto psicótico.

É importantíssimo avaliar cada caso, mas é possível que pessoas passem a reviver frustrações antigas, como separação dos pais, perda de amigo na infância, rompimento afetivo significativo e não elaborado.

Como se a pessoa estivesse vivendo em um mundo paralelo, estando aqui em corpo material e objetivo, porém estando lá atrás, preso a sentimentos e sensações de alto nível de frustração que se revolvem dentro de si a cada novo relacionamento.


Tais dificuldades podem colocar tudo a perder, os relacionamentos sociais podem ficar fragilizados, a vida familiar abalada, prejuízos no desempenho profissional e tantas outras perdas. É importante ficar atento às angústias que emergem a cada encontro com o outro; irritabilidade, agressividade podem ser sintomas de que algo não está bem. Mesmo que não percebamos o que acontece dentro de nós, por vezes o mundo aponta nosso estado emocional, as pessoas se afastam, chamam nossa atenção, fala pra irmos procurar ajuda e em caso extremo nos levam para consultar algum especialista da saúde mental.


Eu não vim aqui para te comover, mas para uma conversa amiga, para uma reflexão sobre o momento que você está vivendo; talvez aquelas frases iniciais façam parte das vozes que te rodeiam diariamente e eu sei que você não quer perder mais nada na vida, ninguém quer perder! No entanto não dominamos as circunstâncias, temos apenas que aprender a lidar com tudo que acontece na nossa história; e partir de um olhar para dentro de si; começar a formação de novos projetos existenciais, com mais autonomia, liberdade e responsabilidade.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo