SUICÍDIO

Vivemos uma epidemia suicida; crianças, jovens, adultos e idosos, dando cabo à própria existência, sem chance de arrependimento nem de voltar atrás.



Uma das coisas mais chocantes é saber que não tem como reverter o ato suicida; nós seres humanos somos passíveis de arrependimento, e durante o percurso da vida, vamos revendo e ressignificando nossos atos e nossas experiências. No entanto quanto a auto destruição é impossível reparar qualquer erro, ela é permanente e definitiva, podendo gerar dor e sofrimento para toda a rede de relacionamento da pessoa que decidiu tirar a própria vida.

É certo que segundo a maioria dos comentaristas e talvez do senso comum, a pessoa que se auto destrói, não está tirando a vida, mas tentando se livrar de dores e sofrimentos insuportáveis. Talvez essa só seja uma forma de quem ficou sentir-se menos fragilizado, porque ao certo, dificilmente nós iremos compreender o que cada indivíduo pensou ou sentiu para tomar tal decisão; mesmo que ela tenha deixado uma carta, ou até mesmo 13 fitas, como ilustrado na série 13 Reasons Why, no fundo não conseguimos compreender plenamente o suicídio.

Mas o que tiro dessa série e da experiência que tenho tido com pessoas que eu tenho atendido em psicologia, é que vivemos em um mundo com pouco tolerância a frustrações, muita cobrança no campo financeiro e de produtividade, concorrência desleal, desrespeito ao próximo, etc… Porém já vivemos épocas mundiais de grandes atrocidades, e quando lemos biografias de pessoas que passaram por tortura, perdas e violações, mas que superaram e se tornaram militantes do bem, em pró da vida e do próximo, penso que ainda não está tudo perdido, e deixo uma frase ´para refletirmos juntos:

“Temos que melhorar, a maneira que tratamos uns aos outros e olharmos uns pelos outros, de alguma forma temos que melhorar”. (Clay) 13 Reassons Why.

Espero que com esse breve texto eu tenha contribuído para que você procure ajuda, porque não há nada de errado em pedir ajuda, e tem muita gente torcendo para você superar seus conflitos ou pelo menos saber lidar com eles de uma forma que você tenha condições de continuar vivo, pois só estando vivo as possibilidades continuam abertas para novas maneiras de existir, pensar e sentir.


LIGUE 188 - CVV CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo