Traição

Porque você não deve trair?

Pode, mas não deve!


Pode, pois é livre e trair faz parte do seu campo de possibilidades.

Não deve, pois tem a capacidade de refletir, de pensar e não está determinada, não é obrigada a praticar a traição.


Vamos falar de relacionamentos afetivos; pessoas que confiam sua intimidade e sua rotina a outra pessoa e de repente recebe a notícia de que a pessoa que ela confiou suas profundezas está com “fru fru” com outra pessoa.



O mundo está mudando, mas a grande maioria ainda compartilha de relacionamentos românticos e monogâmicos; então vou citar 3 motivos comuns que causam sofrimento emocional:

Primeiro: quem foi traído pode sentir que não é amada, sente-se rejeitada, diminuída.

Segundo: isso desencadear uma percepção de não ser boa o suficiente revelando uma baixa auto estima e

Terceiro: pode haver vergonha e sentimento de humilhação.


Talvez a traição revele mais sobre quem traiu, do que sobre quem foi traído; algo aconteceu para ele tomar essa decisão e isso não quer dizer que a pessoa que ele traiu não seja amada, querida, ou uma pessoa incrível cheia de qualidades.


Então pode ser a hora de rever os conceitos e cuidar desses sentimentos que afloraram; talvez a traição só veio revelar em você aquilo que você estava tentando esconder o tempo todo, sua insegurança, seus traumas, seus medos; talvez seja hora de você dar a volta por cima e se empoderar da sua existência se conhecendo profundamente.


A dor pode estar te chamando para um encontro verdadeiramente íntimo mas com você mesmo(a) com sua própria pessoa.


Eliane Colombo Nomura - Psicóloga Online - CRP 08/27784

e-mail: colombonomura@gmail.com | site: www.nomurapsicologa.com.br

WhatsApp agende seu horário (44) 9.9910-7202 Instagram @nomurapsicologa


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo